arte · clássico · livros

Dica Literária: “O Som e a Fúria” de William Faulkner (1929)

Aproveitando o embalo do relançamento da sensacional tradução de O Som e a Fúria realizada por Paulo Henriques Britto, senti-me obrigado a reler minha edição da Cosac-Naify comprada em sebo virtual. E afirmo, é a melhor coisa que eu já li. Se uma coisa pode resumir a experiência de vida minha com O Som e a Fúria… Continuar lendo Dica Literária: “O Som e a Fúria” de William Faulkner (1929)

arte · dica · livros · Uncategorized

Dica literária: “João de Ferro” de Robert Bly (1990)

Eis que eu reli um dos livros mais importantes já publicados no século passado e que experiência fantástica foi. “João de Ferro” é um livro publicado inicialmente em 1990, escrito por Robert Bly, um poeta, ensaísta e líder do movimento masculinista mitopoético. Se você leu meu post sobre “The Red Pill” já sabe minhas opiniões… Continuar lendo Dica literária: “João de Ferro” de Robert Bly (1990)

dica · livros · opinião · Uncategorized

Salinger como experiência religiosa.

Recentemente recomecei a leitura de “Franny & Zooey” de Salinger, um livro que reúne duas novelas escritas nos anos 50 pelo autor de “O Apanhador no campo de centeio” e, enquanto lia a primeira novela, que retrata um almoço frustrado entre a filha mais nova da família Glass, de 20 anos e seu namorado, me… Continuar lendo Salinger como experiência religiosa.

arte · dica · livros · mangá

Dica literária: “Uzumaki” de Junji Ito (1998)

A dica mais perturbadora do blog até agora. “Uzumaki” é uma história narrada por Kirie, uma colegial que vive na vila de Kurôzu-cho, na margem litorânea de alguma ilha do Japão. Todos os dias, no final das tardes, ela vai até a estação de trem buscar o seu namorado, que estuda na cidade vizinha e… Continuar lendo Dica literária: “Uzumaki” de Junji Ito (1998)