arte · dica · filme

Dica cinematográfica: “Shaft” (1971)

shaft

“Shaft” é um filme de 1971, pertencente ao movimento Blaxploitation, do gênero noir.

Conta a história de Shaft, um detetive particular casca grossa, que mora no Harlem e é contratado por um mafioso do bairro a fim de descobrir o paradeiro de sua filha, que ele suspeita estar nas mãos dos mafiosos italianos.

O filme é um noir completo, muito centrado em Shaft, que além de ser o estereótipo do detetive casca grossa, que bate em todo mundo, não gosta de policiais, mas nunca perde o contato com eles (até por que eles não deixam) e ainda pega todas as mulheres que quer, sem nunca se envolver seriamente com nenhuma, tem o único diferencial de ser negro.

Para explicar isso, é importante voltarmos um pouco no tempo. Hollywood sempre foi muito restritiva, mas após os anos 60, não havia mais motivos para não haver negros participando e fazendo filmes. Por volta dessa época, surgiu um movimento em Nova Iorque chamado “Blaxploitation”, considerado por muitos como um gênero de filmes, mas não é, por que ele foi criado com o objetivo de fazer filmes de negros para negros estadunidenses (um gênero nunca nasce com intenções tão claras). O que começou com filmes de baixo orçamento, filmado nas ruas dos bairros negros de Nova Iorque, editados de forma caseira, encontrou em “Shaft” o necessário para popularizar o movimento, pois este filme conta com um orçamento razoável para os filmes do movimento e uma ampla distribuição, tendo sido até vencedor do Oscar pela sua ótima trilha sonora.

Trilha sonora que é o ponto forte do filme, não apenas a música “Theme from Shaft”, mas todo o arranjamento das canções ao longo da película. Muito jazz, com um pouco de fusion e um pé no disco, que ainda estava nascendo na época do filme, fazem da trilha sonora desse filme uma obra de arte por si só.

“Shaft” é um filme redondo, conseguindo amarrar todas as pontas soltas que cria ao longo da história e com personagens muito interessantes, mas espere moralismos ou lições de moral edificantes no final, por que, afinal, Shaft é um grande filho da mãe!

4 pontos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s