arte · dica · filme

Dica cinematográfica: “Unbroken” (2014)

2fa512ddfe67fe3564fd9f8f44b42926

Ou “Invencível” é um filme de 2014, mas que só foi lançado esse ano aqui no Brasil, dirigido pela maravilhosa Angelina Jolie e estrelado pelo incrível Jack O’Connel.

A trama retrata a história real de Louis Zampperini, um filho de imigrantes nos EUA, que tem sua promissora carreira olímpica como corredor interrompida bruscamente pela sua convocação como bombardeiro na 2° Guerra Mundial e, após um acidente com o avião em que estava, acaba caindo em pleno mar, ficando à deriva durante 47 dias, até ser capturado pelos japoneses.

Na primeira metade do filme, somos apresentados logo a um Louis servindo como bombardeiro (o cara que solta as bombas do avião), mas nas cenas mais desesperadoras, somos apresentados a infância e juventude de Louis, em que ele sofria por ser um estrangeiro, mas devido a insistência do irmão, acaba entrando para o time de atletismo do colégio, mudando a sua vida. A partir daí, Louis começa a fazer parte do time de atletismo, batendo recordes como corredor de longa distância e conseguindo um lugar nas Olimpíadas de 1936, a qual ele termina em 8°, mas com uma ótima recuperação na última volta, o que acaba chamando a atenção até mesmo da mídia internacional.

Desde o começo, Louis não planeja chamar muita atenção em sua primeira Olimpíadas, planejando vencer com tudo as Olimpíadas seguintes, no Japão. No entanto, devido a 2ª Guerra Mundial, sua carreira sofre uma interrupção e ele é convocado para servir. Um dia, o avião em que estava sofre um acidente e cai em alto-mar, ficando a deriva por 47 dias, algo muito explorado na primeira metade do filme, até que ele é capturado por um navio japonês e vira prisioneiro de guerra.

A segunda metade do filme é toda dedicada a mostrar a trajetória de Louis como prisioneiro, muito forte e ainda assim bela, pois; além da promessa de Louis de ser devoto a Deus caso sobreviva, gerando uma ótima metáfora visual no final do filme; essa parte do filme se concentra muito na luta pessoal dele, de se manter íntegro aos seus ideais, sempre de cabeça erguida e respeitando o próximo, mesmo que ele não te respeite.

O final termina de forma extremamente positiva e tocante, não só pelo fato de Louis ter sobrevivido, cumprido suas promessas e realizado seus desejos, mas também pela interpretação dos atores, extremamente convincentes e recheada de emoção, amor mesmo por estar trabalhando neste filme e a direção, que revela uma Angelina Jolie muito sagaz atrás das câmeras, além de Jack O’Connel mostrando que é um dos melhores atores em atividade.

A fotografia é muito boa também, gerando aquele clima clássico de filmes de guerra, com tonalidades em sépia e tal…

A trilha sonora não é nada que se sobressaia ao filme, mas acompanha muito bem as cenas, criando o clima perfeito para gerar algumas lágrimas no canto dos olhos.

Enfim, “Unbroken” é um ótimo filme, um dos melhores filmes de guerra que já assisti e que merece muito, mas MUITO mais atenção do que está recebendo.

4 pontos e meio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s