arte · dica · filme

Dica cinematográfica: “The guest” (2014)

THE GUEST

“The Guest” é um filme de 2014 do gênero suspense, com um pé no experimentalismo gostoso que faz este filme ser tão interessante.

Na trama, conhecemos David, um soldado que acabou de ser liberado pelo hospital do exército americano e vai até a casa da família Peterson, dizendo que serviu junto com o filho deles, morto em combate. Logo, ele ganha a simpatia de todos na casa e é prontamente acolhido por eles, no entanto, após uma série de assassinatos entre colegas e conhecidos da família, suspeitas começam a se levantar em torno desse estranho convidado.

O filme começa bem clichê, apresentando uma família que ainda sofre com os traumas indiretos da guerra (no caso, a perda dos filhos), cheias de seus problemas pessoais e até ordinários, típico de toda família, ao mesmo tempo em que chega um estranho, marcando o momento em que suas vidas começam a mudar, contando com a intervenção dele ou não. Apesar do olhar de psicopata que David apresenta desde o começo, é impossível não simpatizar com ele, afinal o cara é muito legal.

E à partir do meio do filme, a película começa a apresentar a sua verdadeira faceta, explorando ângulos diferentes, às vezes estranhos para cenas de ação, luzes e cores bem marcantes, às vezes contrastantes e até absurdas para o cenário em que eles estão, mas nunca é desnecessário, visto que são elementos que reforçam a criação de uma atmosfera de suspense e ação.

Por falar em ação, o filme não poupa em violência, apresentando-a de forma crua, seca, chegando a ser brutal, às vezes. Em outros momentos, é tamanha que chega a parecer cômica, isso fica mais acentuado no final do filme, que é, inclusive, um grande tapa na cara do telespectador.

O seu final, simplesmente, implora por uma continuação e eu até consigo imaginá-la, prosseguindo do ponto onde o filme parou, iniciando uma perseguição por todo os EUA, terminando no México e repetindo a história desse filme num terceiro, só que no vizinho latino dos porcos capitalistas.

Enfim, esse filme foi uma grande surpresa para mim, que não tava dando nada pra ele, mas conseguiu me divertir, me eletrizar e ao mesmo tempo me deixar esperançoso e ansioso por uma continuação.

4 pontos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s