arte · dica · hqs

Dica literária: “Astronauta: Singularidade” de Danilo Beyruth

Astronauta-Singularidade-Capa

“Astronauta: Singularidade” é o segundo quadrinho da segunda leva de quadrinhos da Graphic MSP, continuação de “Astronauta: Magnetar”, o primeiro quadrinho da bem-sucedida Graphic MSP.

Neste volume, o Astronauta sai em missão para investigar uma anomalia próxima a um buraco negro, junto com uma psicóloga da BRASA e um astronauta gringo misterioso.

Eu não li o primeiro volume (“Astronauta: Magnetar”) e sei que deveria lê-lo, por que muitos falam bem desse quadrinho, mas por enquanto não li e vou fazer essa dica, analisando apenas esse volume. Alguns detalhes têm (ou parecem ter) relação com a edição antiga, mas nada que atrapalhe um “novo” leitor, como eu. Existem algumas explicações científicas meio didáticas ao longo da história, o que não a atrapalha, por que são muito bem colocadas, em momentos-chaves da história. Outro ponto muito legal são as referências, que mesmo que pequenas continuam presentes e são muito legais, pois te faz lembrar do antigo personagem que Maurícia de Sousa criou, só que sem os elementos humorísticos.

No entanto, para mim, “Astronauta: Singularidade” tem um defeito grave: sua narrativa. Na maioria das páginas, somos guiados pela história através de quados largos, que se estendem de um extremo ao outro da página, compilando 3 ou 4 quadros por página apenas, sem muito texto, o que faz com que a narrativa pareça ser muito corrida. E eu entendo que isso faz parte do estilo do autor, eu respeito, só não gosto.

Gosto não se discute, só se lamenta.

Em relação a arte, sem surpresas, está incrível, o estilo de desenho de Danilo Beyruth é muito bom, meio rascunhado, porém muito rico e as cores foram feitas por Cris Peter, uma artista que eu admiro a um bom tempo, por que ela é muito boa, preenchendo lacunas na arte, adicionando detalhes e criando uma ambientação perfeita para o sentimento que o desenhista quer passar.

Enfim, “Astronauta: Singularidade” tem alguns defeitos, na minha opinião, que podem não ser defeitos dependendo do seu gosto, mas ainda assim é bom, uma leitura interessante para uma tarde preguiçosa e também para completar a coleção, que tá ficando cada vez mais bonita.

3 pontos e meio

Anúncios

2 comentários em “Dica literária: “Astronauta: Singularidade” de Danilo Beyruth

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s