arte · dica · filme

Dica cinematográfica: “Primer” (2004)

primer-movie-poster-2004-1020240454

Hoje é a dica é só para os fortes.

“Primer” é um filme de 2004, de ficção científica que conta a história de dois amigos, que fazem parte de um grupo de cientistas amadores que constroem invenções em uma garagem, buscando apoio financeiro para suas invenções. Em uma tarde fatídica, esses dois amigos, Arron e Abe constroem um mecanismo novo, só pra ver o que acontece, sem ambições e acabam inventando uma máquina do tempo.

Os dois adaptam essa máquina em uma escala maior e decidem viajar no tempo apenas 6 horas, elaborando um complicado, mas inteligente plano para que não se encontrem com seus “duplos”. Os problemas começam quando eles relaxam um pouco nos planos e quebram a simetria, causando consequências inesperadas no passado, presente e futuro.

O filme é amado e odiado na mesma medida, principalmente por ser um filme confuso para muitos, mas não é tão confuso como falam. Se você estiver no estado de espírito certo, procurando teorias e histórias complicadas e complexas, este será o seu filme. No entanto, se você quer uma rápida diversão, assista outra coisa.

Se você acompanhar o filme com bastante atenção, sem se importar muito com o seu conhecimento prévio de física, química e até biologia, poderá acompanhar o raciocínio dos dois amigos sem grandes problemas. Os problemas de raciocínio que o filme cria começam no final mesmo, depois de quebrarem a simetria, criando problemas que não ficam bem explicados como surgiram e soluções muito distantes da realidade que o filme cria até aquele ponto, além de ter ainda mais cortes que o usual, pulando períodos enormes de tempo e até mesmo de espaço.

Quanto a parte técnica, uma das coisas que confundem muito quem assiste são os cortes, que são muitos e rápidos, mostrando também o que acontecia com os “duplos” de Arron e Abe. A trilha sonora não se destaca e a fotografia é cheia de tons berrantes de verde e vermelho, para mostrar que as cenas acontecem em uma dimensão distante, em outro tempo, outro lugar, padrão seguido por muitos filmes de ficção científica dessa época, seguindo o sucesso de Matrix.

Enfim, “Primer” é um filmaço, decepcionando mesmo só no final, jogando certos elementos na história a força, apenas para criar uma tensão no final, para deixar o filme mais “cinematográfico” e menos “artístico”.

Assista.

4 pontos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s