anime · arte · dica

Dica televisiva: “Pokemon The Origin” (2013)

Pokemon_The_Origin_Poster

Essa dica não era mais para ser feita, eu sei, mas vou fazer do mesmo jeito, por que esse anime é bom pra crlho.

“Pokemon The Origin” é um anime que originou-se da campanha de marketing para promover os jogos Pokemon X e Pokemon Y, mostrando um anime mais fiel aos primeiros jogos: Pokemon Red e Green.

O anime acompanha a jornada de Red para se tornar o treinador mais forte de todos e completar a pokédex, fazendo o mesmo roteiro que qualquer um faria ao jogar os primeiros jogos da franquia. Então, a história não é nada nova.

O novo aqui se concentra na narrativa. Toda a história é contada em apenas 4 episódios, além de criar uma nova “mitologia” para o mundo Pokémon, adaptando diversos elementos “fantásticos” para que a história ficasse mais “palpável” ao gosto daqueles adultos que jogaram os primeiros jogos e ainda não se esqueceram dos momentos mágicos que passaram com o seu Game Boy, conseguindo, dessa forma, agradar a gregos e troianos. Um dos exemplos disso é o modo como todo episódio se inicia, com uma tela em branco perguntando se você gostaria de inciar do último ponto salvo ou não, ou ainda os pequenos “balões” contando alguns eventos da história, usando uma linguagem fiel aos jogos.

Também temos uma história muito mais próxima dos jogos, mas que está longe de ser uma adaptação do mangá de sucesso “Pokém Adventures”, infinitamente mais maduro e ousado em sua abordagem do mundo pokémon, no entanto isso não atrapalha em nada o divertimento, que, como eu já disse, agrada a gregos e troianos.

Em relação à qualidade gráfica, surpreende. Afinal, até mesmo por se tratar de um anime de só 4 episódios, que serve como catapulta para alavancar as vendas dos novos jogos, conta com uma qualidade gráfica soberba, com uma animação muito fluída, cheia de cores, nos mais variados tons, sabendo adaptar os cenários dos games em ótimas paisagens, além é claro das batalhas, muito bem feitas, com desenhos fortes em certos momentos e um sombreamento perfeito para adicionar mais tensão nelas.

E claro, não podia faltar a trilha sonora, que nada mais é do que uma reformulação da trilha sonora dos primeiros jogos. Os instrumentos musicais e a forma como a música é feita mudaram, mas as notas que tornam a música aquilo que ela é e consegue dar um efeito nostálgico especial ao anime está lá. Moderno e nostálgico, na medida perfeita.

Enfim, “Pokemon The Origins” é um ótimo anime para novos e velhos fãs e se tem algo que ele peca é nisso, esse anime não é atraente para quem não se interessa por Pokémon, muito menos para quem nunca jogou Pokémon e menos ainda para os que odeiam, o que é diferente com o mangá. Mas, otários a parte, esse anime surpreende e diverte, merecendo ser assistido por aqueles que têm cabeça não só para ter cabelo.

4 pontos e meio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s