5 estrelas · arte · dica · música

Dica musical: “Rooms of The House” (2014)

La-Dispute-Rooms“Maturidade é uma palavra estranha”.

Assim começa o review do novo cd da banda La Dispute: “Rooms of The House”; no site da AltPress.

E continua dizendo que muitos artistas usam essa palavra para descrever seus novos lançamentos, como uma forma de fazer seu álbum vender mais, apenas para que as pessoas descubram que eles não soam nada diferente dos artistas que eles ouvem todos os dias.

Na verdade, maturidade não é algo que se proclama, é algo que se percebe, nos outros e nunca em nós mesmos.

La Dispute é um exemplo. Seu primeiro CD soava como um revival do screamo das últimas décadas que havia perdido forças naquela época, uma época onde outras tantas bandas seguiram por esse caminho. O segundo CD, “Wildlife”, tornou-se um clássico moderno, com uma centena de fãs quietos, ouvindo suas músicas em seus quartos, assistindo a chuva cair, desenhando, escrevendo, entretendo-se com uma dezena de músicas com ótimas letras e uma sonoridade mais agressiva e consistente que o primeiro CD.

Em “Rooms of The House”, a banda encontrou um meio termo entre os dois, com melodias  perfeitamente encaixadas com os vocais de Jordan Dreyer, ou seria melhor dizer a mudança de vocais do vocalista?

Em relação as letras, você pode perceber como a maturidade é, de verdade, além dos melodias bem feitas, consistentes em sua proposta inicial, sem sofrer alterações por grandes influências externas ou algo assim, encontramos um CD com letras bem elaboradas, feitas à partir de uma perspectiva onisciente, o que faz de La Dispute uma das bandas mais corajosas do mundo da música atual, contando histórias no meio de suas músicas, guiando-nos pelo mundo perturbado dos personagens criados por Dreyer, fazendo-nos sentir suas angústias, medos e sentimentos, com analogias e jogos de palavras que artistas com o dobro da idade deles mal conseguem imaginar.

Tudo isso no meio de uma cena musical onde quanto mais você fala de si, esforça-se para aparecer, colocar sua cara nos jornais e TV’s, sendo o mais sincero possível em relação ao que você sente e suas relações de uma noite com pessoas que você mal sabe o nome, faz com que as pessoas te amem cada vez (Vide qualquer música de uma das bandas que fazem sucesso hoje em dia).

Em meio a uma produção extremamente original, ainda somos agraciados com dois momentos de nostalgia, quando riffs de um dos clássicos de “Wildlife” iniciam duas músicas diferentes no meio do álbum todo.

Enfim, “Rooms of the House” uma obra-prima, testemunha de um crescimento exponencial tanto melodicamente, quanto liricamente de uma das bandas mais criativas e interessantes do nosso século, no entanto ainda resta a velha dúvida se esse durará como seu antecessor, que ainda respira vivamente nas prateleiras de quem comprou o CD ou nas bibliotecas virtuais de quem o baixou.

5 pontos

Anúncios

Um comentário em “Dica musical: “Rooms of The House” (2014)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s