arte · dica · filme

Dica cinematográfica: Lady Snowblood

Hoje a dica é clássica.
Lady Snowblood é um filme japonês de 1974 que conta a história de Shurayuki Hime, uma  mulher que nasceu em uma prisão e desde pequena foi treinada para vingar a morte de seu pai, seu irmão e sua mãe, que morreu no parto.
No ano 6 da era Meiji, quando seu pai, sua mãe e seu irmão mais velho passeavam por um campo florido de uma vila, uma gangue de criminosos formada por 3 homens e 1 mulher apareceu e mataram o homem e o menino.
A mulher acabou virando a escrava sexual de um dos bandidos, mas o matou, jurando se vingar dos outros três. No entanto, ela é presa e na prisão dá a luz à Yuki, que desde então foi criada por uma das amigas de sua mãe da cadeia feminina e por um monge guerreiro a ser uma hábil espadachim, que esconde sua lâmina no cabo de seu guarda-chuva.
Esse filme, inspirou Quentin Tarantino a criar Kill Bill e é notável a homenagem que o diretor estadunidense faz a esse filme.
Logo a segunda cena, em que Yuki aparece lutando na neve, termina com a câmera se posicionando exatamente do jeito que se posiciona em Kill Bill, sem contar no mestre de Yuki, que aparece que foi jogado no filme do Tarantino, apenas com uma barba maior, além do tema de vingança e o sangue jorrando pra todo lado.
Esse filme é muito bom, mostra como o cinema japones é original e também como eles são bons em fazer cenas mais gore e até assustadoras.
A história também foi muito bem elaborada, não cansando quem está assistindo, pois te mantém preso na cadeira do começo ao fim.
Enfim, essa é a dica de hoje: Lady Snowblood, um filme de Toshyia Fujita e influente no cinema até os dias atuais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s