arte · coisas · dica · indicação · livro

Dica literária:O apanhador no campo de centeio

Olá, hoje eu estou começando uma nova sessão aqui no meu blog, chamada de “Dica literária”.
Essa semana terminei as aulas teóricas na auto escola e hoje passei no simulado, quinta que vem vou fazer a prova no DETRAN, então, até que estou bem hoje, apesar de um desentendimento com uma amiga, mas isso não vem ao caso.
O caso é que eu decidi abrir essa sessão com um livro do qual eu gosto muito chamado “O apanhador no campo de centeio” escrito pelo meu escritor favorito J. D. Salinger.
Sinceramente, não sei o que significa o J e o D, mas sou fã do cara.
Eu gosto muito desse livro e terminei de lê-lo pela segunda vez há algumas semanas, mas não tava com ânimo para escrever uma dica aqui.
Lembrando que isso não é uma crítica, é uma resenha.
E eu não sou capaz de criticar o Salinger, por que o cara escreveu simplesmente os melhores contos que eu já li até hoje.
Já li Neil Gayman, Edgar Allan Poe, Lovecraft e Stephen King, ou seja, os melhores do gênero de contos… Esses escritores são todos de horror e fantasia e tal, mas criam textos incríveis e nada cansativos.
Mas o Salinger é diferente, o cara escreve de um jeito casual, que faz com que você esteja lendo apenas uma página no livro da vida dos personagens.
E é isso que ele faz no “apanhador”, ele nos mostra apenas alguns dias na vida de um adolescente chamado Holden Caulfield, o rebelde que inspirou a música do Green Day.
Holden é um adolescente que havia acabado de ser expulso de um colégio particular chamado Pensey, cheio de cretinos (sei bem como é), mas ele não havia contado isso para os pais, só que ele não tinha nada para fazer, então vai para Nova Yorque, só passar o tempo.
E assim o livro passa, Holden toma decisões ruins, desiste delas, comete erros, apanha., fica bêbado, dorme pouco, come menos ainda, assiste filmes, bate uns papinhos intelectuais, estraga tudo com uma garota, fica indeciso, faz as pazes com a garota, se encontra com a irmã e filosofa muito nas 80 ou 90 páginas do livro (Eu li uma versão antiga).
Bem, essa é a minha dica, aliás a minha dica é você ler toda a obra de Salinger, que consiste em apenas 4 livros, muito bons por sinal e que me inspira muito.
Até mais.
Ps: Essa é a capa estadunidense, muito melhor que a brasileira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s